terça-feira, 12 de abril de 2016

SILÊNCIO...

  
Silêncio... experiência rara em nossos dias, porém, tão necessária. 
Se soubéssemos o bem que estamos deixando de fazer a nós e aos outros... quando deixamos que o barulho impere em nós e ao redor de nós.
Se compreendêssemos  que a porta de acesso ao paraíso, é nada mais, nada menos que a profunda e verdadeira experiência de silenciar, calar, ouvir o inaudível, alcançar o inalcançável.
Ah, se compreendêssemos...
Certamente, sem demora, aceitaríamos provar... Quão intenso e profundo é o amor!
Quão belo e maravilhoso é nosso Deus, que se deixa tocar, amar, servir e adorar no silêncio.




Nenhum comentário:

Postar um comentário